Além disso, cole esse código imediatamente após a tag de abertura :
Loader

Blog

13 JUL Orientação profissional: o que é e como o processo pode ajudar o vestibulando?

Orientação profissional: o que é e como o processo pode ajudar o vestibulando?


Decidir sobre a futura profissão pode ser uma hora difícil para muitos vestibulandos. E é comum ter dúvidas, afinal essa é uma fase de transição na vida dos adolescentes, uma vez que estão vivendo um processo de amadurecimento emocional, se posicionando frente à vida e ainda sentindo a pressão de escolher a faculdade que vão cursar. “Existem várias profissões atraentes, é normal sentir a angústia de ter que escolher uma delas e o medo de errar na escolha”, destaca a psicóloga Emirêne Tavares de Lima, que ministra a orientação profissional dos alunos do Ensino Médio do Colégio Sigma. Especialista na área de orientação profissional, ela destaca como o processo pode ajudar o vestibulando: “O estudante precisa de espaço para falar sobre as dúvidas e resolver estas inquietudes”. 

Primeiros passos
Como psicóloga de orientação profissional, Emirêne tem um projeto chamado Conectar-se, por meio do qual trabalha com três passos com os estudantes:

Autoconhecimento – o aluno pode conhecer um pouco mais sobre si mesmo por meio de testes psicológicos, de conversas e técnicas projetivas para identificar o perfil de personalidade, características mais marcantes, valores, competências, habilidades e suas áreas rebaixadas. Além disso, investiga-se através de projeção como o aluno se vê em seu futuro profissional e em qual ambiente gostaria de trabalhar – em equipe, sozinho, com máquinas, com pesquisas, entre outros. “Esmiuçamos bem essa etapa”.

Pesquisa – convidamos o aluno a realizar uma pesquisa de cursos e profissões que combinem com o seu perfil já analisado. Investiga-se, no processo de orientação profissional, cada profissão, o dia a dia do profissional, o que faz, quanto ganha, como é o mercado de trabalho e o perfil adequado para esta área.

In loco – No último passo são realizadas visitas a profissionais das áreas identificadas nas etapas anteriores no seu ambiente de trabalho, com o objetivo de separar o idealismo da realidade. É uma oportunidade dos estudantes tirarem dúvidas e decidirem se desejam seguir aquela carreira.

Se a dúvida persistir...
Se mesmo depois do processo de orientação profissional o aluno ainda estiver com dúvida, a sugestão é investigar o perfil de cada faculdade e analisar o cronograma com as disciplinas oferecidas em cada curso. Ir mais a fundo. Outra maneira de saber se está tomando a melhor decisão, é conversar com amigos e familiares e perguntar como eles veem o seu perfil de vida e estilo e se a carreira pretendida tem a ver com essas características.

Hora de escolher
Definir o curso para o qual vai prestar vestibular não é uma decisão simples nem precisa ser solitária. É importante que o aluno tenha autoconhecimento e tome contato com as diversas profissões com o intuito de descobrir a sua verdadeira vocação. Diversos fatores devem ser levados em conta nesse processo de escolha, entre eles estabilidade profissional, realização pessoal e afinidade com o trabalho. Sem um trabalho completo, como um processo de orientação profissional, que leve o estudante a caminhar passo a passo para se conhecer melhor, pode ser mais difícil fazer uma escolha com tanta certeza, pois há muitos aspectos envolvidos nesta decisão.